As Histórias das Capas de Rock!

Quem não conhece o Kid Vinil?

Vasculhando a coluna dele no Yahoo, encontrei uma matéria genial, e destaquei aqui as histórias mais curiosas das capas de rock.

(…)

Selecionei alguns álbuns e começo exatamente pela capa do Bob Dylan que inspirou a reportagem e que hoje serve como homenagem a Suze Rotolo (1943-2011), a garota que aparece abraçada com ele na  foto. Ela faleceu no último 24 de fevereiro, vítima de câncer. A história dessa capa é apaixonante, como tudo que Bob Dylan já fez em sua vida. Filha de italianos comunistas, Suze conheceu Dylan no Greenwich Village em 1961 aos 17 anos de idade. “Ela era a coisa mais erótica que eu já vi”, disse Dylan em seu “Memoir Chronicles-Volume One”,  de 2004. Era uma ativista dos direitos civis e também é dado a ela o credito de apresentar a Dylan a obra do poeta Arthur Rimbaud e a ópera de Bertold Brecht. O casal ficou junto por três anos e nesse meio tempo Bob Dylan escreveu algumas de suas mais belas canções, como “Blowin in The Wind”, “Masters  of War”, “A Hard Rain’s A-Gonna Fall”. Suzan Rotolo inspirou particularmente duas canções: “Don’t Think Twice It’s Allright” e  “Tomorrow is Long Time”.

A foto da capa foi tirada na 4th Street no Greenwich Village, em Nova York, num dia frio em fevereiro de 1963,  pelo fotografo Don Hunstein. É uma das capas mais marcantes do rock, uma foto íntima, relaxante e que captou um momento maravilhoso. Depois do fim do namoro com o músico, Suze se casou com um editor de cinema italiano. Ela sempre  se esquivou de comentários sobre sua relação com Dylan, mas apareceu em 2008 no documentário “No Direction Home” e também lançou o livro “Freewheelin’ Time”, que são memórias sobre sua vida no Village nos anos 60, onde ela chamou Bob Dylan de “um elefante num quarto da minha vida”. Essa é realmente uma fascinante história de amor… eu já gostava dessa capa  mesmo antes de saber desses detalhes.

Outras capas importantes do rock, também trazem fatos interessantes ligados aos seus personagens, como essa capa do primeiro álbum do U2, “Boy” lançado em 1980. O garoto da foto, Peter Rowan, é irmão de Guggi Rowan, um velho amigo de Bono e integrante da banda irlandesa Virgin Prunes. Em 1983 Peter Rowan aparece novamente na capa do álbum “War”.

Na época,  a gravadora  do U2 nos Estados Unidos alegou que a inocente foto do garoto na capa do álbum insinuava pedofilia e homossexualidade e os fez mudarem a capa para uma foto distorcida da própria banda.

Um capa bem manjada é a de Nevermind, do Nirvana, lançado em 1991. A ideia veio depois de Kurt Kobain e o baterista Dave Ghrol assistirem a um programa sobre bebês nascendo embaixo d’água. O garoto da foto é Spencer Elden, na época com três meses de vida. A mãe de Spencer recebeu apenas 200 dólares para o filho mostrar seu “pipizinho” ao mundo.

Se Brian Ferry tem obsessão por modelos, Morrissey sempre se ligou em astros cultuados do cinema. Na capa do álbum “The Queen is Dead” de 1986 aparece o ator frances  Alain Delon, numa cena do filme “L´Insoumis”.

Já no primeiro álbum dos Smiths (1984), o torso que aparece na capa é do ator bissexual Joe Dallessandro, extraída do filme “Flesh” de Andy Warhol.

O mesmo Joe Dallesandro serviu de modelo para Andy Warhol criar a capa do álbum Sticky Fingers, dos Rolling Stones, em 1971. Nesse disco, ele aparece em close  usando um blue jeans, inclusive no vinil há o detalhe de um “zíper” de verdade. Na contra-capa ele aparece de costas revelando até a marca do jeans, Levis.

(…) Sgt.  Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, de 1967, é  uma das capas mais importantes do rock and roll. Já ganhaou até Grammy de melhor capa e nela foram imortalizadas figuras importantes da história que se espremem atrás dos Beatles, como Mae West, Aleister Crowley, Fred Astaire, Tony Kurtis e Karl Marx. A capa foi idealizada por Jann Harworth e Peter Blake.

Para ver o post completo, com algumas outras histórias clique aqui!

Anúncios

Uma resposta para “As Histórias das Capas de Rock!

  1. Lembrando tambem q essa capa do disco do Dylan foi copiada tambem no filme Vanilla Sky do Cameron Crowe 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s