Dark Side Of The Moon (Pink Foyd) + O Mágico de Oz

Uma mágica e maravilhosa relação do álbum Dark Side of The Moon e O Mágico de Oz.

Quem ainda não conhece a ligação entre o Pink Floyd e o filme O Mágico de Oz? Pois bem, a lenda diz que o álbum “Dark Side Of The Moon”, do Pink Floyd foi feito para ser sincronizado com o filme.

A lenda consiste no fato de que há diversos momentos em que o disco corresponde ao filme , seja por parte das letras das músicas ou pela sincronia áudio-visual.

Os membros do Pink Floyd insistem que o fenômeno é pura coincidência. Em uma entrevista para o 25º aniversário do disco, o guitarrista e vocalista David Gilmour negou que o disco foi escrito intencionalmente para ser sincronizado com Oz, dizendo que “Algum cara com muito tempo livre teve essa idéia de combinar O Mágico de Oz com Dark Side of the Moon“.

Real ou imaginado, o efeito é geralmente criado deixando pausado um CD do álbum logo no início, iniciando o DVD ou a fita com o filme em uma TV no mute, e despausando o CD quando o leão da MGM rugir pela terceira vez. (Note que em algumas versões do filme o leão é colorido. O leão em preto-e-branco é o correto para a sincronia). Deve ser posto em loop, sendo que o disco será tocado um total aproximado de duas vezes e meia para se encaixar com a duração do filme. Uma minoria de devotos afirmam que despausar o CD logo no primeiro rugido produz uma sincronia mais perfeita.

Coincidências:

Alguns exemplos das coincidências entre as duas obras.

Primeira cena em branco e preto:

– O verso balanced on the biggest wave; (balançando na maior onda) é cantado justamente quando Dorothy está se equilibrando na cerca e ON THE RUN começa justamente quando Dorothy cai da cerca. Isso cria um sentimento muito mais obscuro que o próprio filme poderia criar.
– Quando Tia Em está gritando com os 3 trabalhadores, uma voz feminina pode ser ouvido no fundo do disco que pára exatamente quando Tia Em para de mexer a boca.
– Dorothy vira-se e olha justamente quando o verso look around (olhe ao redor) é cantado.
– Quando Dorothy está cantando OVER THE RAINBOW, ela olha muitas vezes para os aviões ouvidos no CD.
– Um verso em OVER THE RAINBOW é: Birds fly, why can’t I? Na música Breathe, há um verso assim: For long you live and high you fly.
– Totó aparece rindo para Dorothy quando a risada é ouvida no CD.
– Repiques e sinos (da música Time)começam a zumbir quando a velha avarenta anda em sua bicicleta. Isso acaba quando ela desce da bicicleta.
– Já dentro da casa, a música reflete o clima da cena, especialmente quando Dorothy muda sua atenção para diferentes personagens.
– As palavras Past, Present and Future podem ser lidas numa placa fora do adivinhador durante o solo de TIME.
– O adivinhador diz a Dorothy que ela precisa ir para casa justamente quando o verso home, home again (casa, casa novamente) é cantado.
– Quando o tornado começa a tomar forma, a música muda para The Great Gig In The Sky (O Grande Espetáculo No Céu).
– A bateria em GREAT GIG IN THE SKY começa justamente quando o vento começa a causar estragos.
– Quando Dorothy bate sua cabeça, a cantora abaixa a voz e a música torna-se suave.
– A música acaba quando Dorothy acorda.
Observação: Em aproximadamente 3:35 de Great Gig In The Sky no álbum PULSE, uma voz feminina sussurra I never said I was afraid of Dorothy, justamente quando sua Tia Em passa pela janela.
– Os sons de Money começam na parte colorida do filme, quando Dorothy abre a porta. Significa o alto custo na produção de um filme colorido na época.
– Dorothy começa a andar para dentro da cidade dos Munchkins junto com a guitarra.

Parte Colorida:

– A boa bruxa aparece para tocar guitarra na sua varinha mágica. Ela move seus dedos na varinha como se realmente estivesse tocando guitarra.
– Os soldados Munchkins marcham com a batida, mais notável quando eles trazem seus braços no peito. Repare como Munchkins dançam com as músicas.
– Durante o início de US AND THEM, o prefeito e os políticos munchkins conversam enquanto vozes masculinas podem ser ouvidas.
– As bailarinas entram em us, us, us A bailarina na esquerda da tela sincroniza sua dança exatamente com a música.
– Os garotos dos pirulitos entram em me, me, me. Eles chutam as pernas a cada me, me, me.
– A bruxa malvada aparece exatamente nas palavras black, black.
– As palavrasblue, blue parece relacionar-se à Dorothy, mas não bate exatamente com a mudança para Dorothy.
– And who knows whick is which and who is who (e quem sabe qual é qual e quem é quem?) é cantado quando a boa bruxa está explicando a Dorothy que existem duas bruxas malvadas – a do leste e a do oeste.
– As palavras up, up são cantadas quando a bruxa malvada está em cima da plataforma, e down, down é cantada quando ela desce da plataforma.
– And in the end (e no fim) é cantado quando a bruxa do leste desaparece.
– down, down é novamente cantado, desta vez quando Dorothy desce da plataforma.
– out, out, out é cantado quando a boa bruxa está indo embora.
– A troca de música ocorre exatamente na troca de cena.

A Cena do Espantalho:

– O espantalho acentua a guitarra wah-wah. A guitarra tocará sempre que o espantalho ou Dorothy falar.
– Seus corpos movimentam-se correlacionados com a guitarra quase que exatamente.
– Ouve-se as palavras paper-boy justamente quando o espantalho mostra os papeis em sua barriga.
– A canção BRAIN DAMAGE (dano cerebral) está tocando quando o espantalho diz que queria ter um cérebro.
– Quando o espantalho está dançando e cantando, ele dança com a música.

A Cena do Homem de Lata:

A batida do coração está tocando no CD quando Dorothy está estalando o peito do homem de lata.

Fim do disco:
Tem gente que acredita que, se o disco for tocado duas (ou três) vezes, a sincronia continua. Para isso, é preciso programar faixa a faixa pra primeira até a última duas vezes seguidas. Eu fiz a experiência somente com a primeira parte, mas vou escrever aqui as coincidências que outras pessoas viram quando repetiram o disco. Vale a pena tentar.

A Cena do Homem de Lata (continuação):

O álbum repete aqui e as batidas de coração também se repetem. Quando o homem de lata está todo lubrificado, ele começa a dançar exatamente quando as batidas começam. Ele dança com a música. O homem de lata faz o vapor sair de sua cabeça com as batidas hi-hat.

A Cena do Leão:

– Um morcego voa através da tela enquanto o som de um avião é ouvido no CD.
– O rosnado do leão correlaciona-se com o som do rosnado no CD.
– O leão parece estar conduzindo a música quando fala.
– Todos os três personagens saltam com a batida durante a mudança de cena.

A Cena do Castelo de Esmeralda:

– O cavalo e os personagens no castelo estão se movendo com a batida.
– O cavalo muda de cores na ordem das cores do arco-íris na capa do disco.
– A mudança de música ocorre quando eles começam a andar na grande sala.
– Dentro das sala do mágico, o fogo atira com a música.
– O leão pula da janela com down, down.
– Forward he cried é cantado quando o homem de lata está dizendo ao leão para ir a diante.
– A fumaça embaixo da cara do mágico aparece azul somente quando ouve-se blue, blue.
– Os repiques ouvidos no começo com a velha avarenta, são agora acentuados pelos aplausos da multidão na cena do balão de ar quente.
– Dorothy bate nas cicatrizes com a batida hi-hat.

De volta para casa (cena preta e branca)

As palavras home, home again são cantadas quando Dorothy acorda e abre seus olhos. A música acaba exatamente quando acabam os créditos.

Outras evidências:

– A capa do disco tem um prisma. A luz preta e branca bate no prisma e sai colorida. No disco original, no prisma da contracapa do álbum, a luz entra colorida e sai preta e branca. Isto simboliza exatamente o filme – começa preto e branco, passa para o colorido e volta ao preto e branco.
– No olho na capa do disco PULSE, que tem uma performance inteira ao vivo de The Dark Side of The Moon, você pode encontrar a bicicleta da velha avarenta, Dorothy, o Leão, o Homem de lata, o Espantalho e a Bruxa.
– O verso Race towards on early grave é cantado durante um close em Dorothy. Isso faz referência ao fato de Judy Garland ter morrido prematuramente devido a abuso de drogas.

Os títulos e seus temas:

SPEAK TO ME (fale comigo) – É a cena de abertura do filme, ninguém tem tempo para conversar com Dorothy quando eles se preparam para a tempestade.
ON THE RUN (correndo) – Uma instrumental que não sincroniza com uma cena em particular, mas é um tema repetido no filme: Correndo para casa no começo; Correndo de casa; Correndo durante a tempestade; Correndo da bruxa malvada.
GREAT GIG IN THE SKY (o grande espetáculo no céu) – A canção começa quando Dorothy está correndo para casa durante a tempestade. O título pode-se aplicar ao tornado ou à casa dando voltas no céu.
MONEY – Pode se referir ao fato deste ser o primeiro filme já filmado em cores. Esta canção começa exatamente quando a parte colorida do filme começa. Deve ser notado que, por usar cores, este filme foi o mais caro da época.
US AND THEM (nós e eles) – Pode significar humanos e munchkins ou bom e mal.
ANY COLOUR YOU LIKE (da cor que você preferir)- No filme o cavalo muda de cor aproximadamente 5 vezes, na ordem das cores do álbum. Isso foi feito de propósito pelos produtores usando gelatina no cavalo.
BRAIN DAMAGE (dano cerebral) – refere-se claramente ao espantalho.

Abaixo, o filme devidamente sincronizado com o álbum:

Veja também:

Relógio de Vinil Pink Floyd 

www.roqueestrella.com.br

2 Respostas para “Dark Side Of The Moon (Pink Foyd) + O Mágico de Oz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s